servir e apreciar um vinho

Dicas sobre como servir e apreciar um vinho

Hoje deixarei várias informações e dicas sobre como servir e apreciar um vinho. Pequenos e úteis temas que são importantes na hora de desfrutar do vinho.

Dicas sobre como servir e apreciar um vinho

A melhor forma de servir e apreciar um vinho

A regra principal consiste em adequar o vinho ao prato que vai ser servido. Ao longo da refeição não deverão ser servidos muitos vinhos diferentes.

Deixamos aqui algumas dicas para melhor disfrutar da combinação entre vinhos e gastronomia:

  • Primeiro são servidos os vinhos mais leves, e posteriormente os mais robustos;
  • Assim como primeiro servem-se os vinhos brancos, e depois os tintos;
  • E também os vinhos doces e depois os secos.

As temperaturas a que os vinhos deverão ser servidos são as seguintes:

  • Espumantes entre os 6 e os 8º, tendo o cuidado de os colocar num frapé uma vez que a sua temperatura sobe rapidamente;
  • Vinhos brancos novos cerca de 10º e com algum nível de envelhecimento já podem ser servidos a uma temperatura de 12º
  • Vinhos tintos novos entre os 12 e os 15º e com algum grau de maturação devem ser servidos a uma temperatura de 18º.

Taças

A escolha deve sempre recair sobre copos que ponham em evidência a cor e os aromas do vinho.
O copo ideal deverá ser arredondado, alongado e com a parte de cima mais estreita que o resto do corpo. Desta forma, os odores libertados depois de agitar não se dissipam.

Taças de vinho

Como provar

  1. Olhar: Contemplar o vinho deve ser o primeiro passo, a uma luz suficientemente boa, mas não fluorescente. O copo deve estar a 1/3 da sua capacidade. Deve-se segurar o copo pela base ou pela haste, e incliná-lo num ângulo de 45º. Desta forma, a observação é facilitada e impede-se o aquecimento do vinho pelo contacto com a mão. Os aspectos a observar são: a limpidez do vinho, a existência de bolhas ou corpos estranhos, a tonalidade, e a gradação da cor desde o centro até à orla. Em seguida pouse o copo na mesa ou continue a segurá-lo pela haste e faça o vinho girar. Observe a forma como o vinho escorre ao longo do copo. Um vinho que escorra lentamente, tem elevadas quantidades de álcool e/ou açucares.
  2. Cheirar: Sentir os odores libertados constitui uma experiência única. São variados os aromas que se podem identificar num copo de vinho. Um bom vinho possui um bouquet complexo e intenso.cheirando vinho
  3. Provar: Prove, então o vinho. Tome um gole generoso, que lhe permita sentir o vinho em todas as pupilas gustativas. Sinta o seu sabor e a sua textura até obter uma opinião sobre os sabores sentidos.

Decantação

O objectivo da decantação é impedir que os sedimentos do vinho passem para o copo e acelerar a sua oxigenação. Nem todos os vinhos necessitam de ser decantados. Quanto mais velho for o vinho, maior a probabilidade de se acumularem sendimentos, e portanto, maior a necessidade de decantação.

Decantação

O ideal será iniciar a decantação 24 a 48 horas antes de servir o vinho. Quer se utilize um cesto de decantação ou não, o processo de transferência do vinho da garrafa para o frasco de decantação, deve ser lento e suave.

Acho interessante? Quer saber mais sobre vinhos? Confira também os posts sobre comidas que combinam com vinho branco e com vinho tinto.